Os membros da comunidade estão ativos em projetos interessantes.

rsalvarenga iniciou um novo processo de tradução do Fallout 2 em modo aberto, de forma que todos podem contribuir com a tradução! Para isso, basta solicitar participação para que ele possa cadastrar o e-mail dos interessados. Os participantes da comunidade que participaram da tradução anterior já se mobilizaram e entregaram os arquivos que conseguiram reunir da tradução anterior, adiantando um pouco o processo. Todos podem participar! Saiba mais acessando o post no fórum!

Noob-Eterno(-Saibot) está corajosamente traduzindo para português o famoso detonado do Fallout 2 criado por Per Jorner! Atualmente o processo encontra-se na casa dos 10-15% traduzido e considerando a quantidade de informações está indo em bom progresso! Confiram o detonado traduzido clicando aqui!

Escrito por:

- The_chosen

O site “Rock, paper, shotgun” conversou com Todd Howard sobre a possibilidade do anúncio de um “Fallout 4″ em um futuro próximo. Não surpreendendo, Howard não estava muito aberto a dar informações mais específicas:

Não temos nenhuma informação sobre quando acontecerá o anúncio de um novo jogo. Mas eu acho que vai demorar um pouco. Nós já estamos acostumados com as perguntas e curiosidade nesses últimos anos. Todos querem informação, mas no momento estamos tentando descobrir qual de nossas ideias vamos focar e encontrar a data apropriada para falar sobre isso.

Como sempre, a Bethesda está levando seu tempo a vontade com novos anúncios. Será que isso significa que eles terceirizaram Fallout 4 para a Obsidian? Muito provável que não. Será que isso significa que a Bethesda ainda não se decidiu o que fazer com o “Fallout” e a equipe principal deles está muito ocupada cuidando do The Elder Scrolls Online? Dificilmente, e confesso que fiquei surpreso de ver essa última sugestão nos comentários do artigo feito pela Rock, paper, shotgun. Existem amplas evidências de que o jogo está em produção.

Saindo um pouco do assunto do Fallout 4, há também informações dizendo que a Bethesda vai por mais “energia” no desenvolvimento ou portabilidade de seus jogos para o PC no futuro.

No final o PC sempre resurge, sempre aparece. Skyrim se saiu melhor do que esperávamos no PC do que nos consoles em razão dos MODS que acabaram alimentando o jogo por um longo tempo. E o que nos motivas é que os novos consoles são muito similares aos PCs, o que abre caminhos para fazer coisas que nós sempre quisemos fazer no passado mas não podíamos. Existem algumas idéias aleatórias que estávamos “matutando” e é algo como: “Acho que temos o potencial de fazer algo muito bom agora!”.

Fonte: NMA

Old school. É clichê. Se você já jogou alguns dos primeiros jogos do Fallout você vai sentir ondas de nostagia atravessar seu corpo enquanto você  jogar esse RPG Squad Based  ambientado numa devastação pós-apocalíptica. Pode-se dizer que esse jogo é mais uma continuação do Fallout 2 do que o próprio Fallout 3, o que é um fato interessante uma vez que o primeiro Fallout foi o sucessor espiritual do primeiro Wasteland. Essa sensação do passado trás um gameplay satisfatório, o que raramente vemos hoje em dia, mas também pode ser uma fonte de problemas em potencial uma vez que o jogo se rende a mecânicas arcaicas que muitos jogos deixaram para trás a anos

A comparação com os antigos Fallout é justa, mas a crítica as mecânicas antigas foi desnecessária uma vez que o objetivo do jogo e do próprio kickstarter é a produção de um jogo nostálgico baseado nos estilos de jogos da época do Fallout. Se essa fosse uma questão a se avaliar nesse caso o jogo deveria receber uma nota muito baixa, pois, em matéria de mercado, criar um jogo baseados nos RPGs de antigamente com visão isométrica hoje em dia é considerado por praticamente todas as distribuidoras um tiro no pé no quesito de vendas, uma vez que esse estilo de jogo não é mais produzido hoje em dia.

Fallout 2 e Wasteland 2 – World map travel

fallout-map

Fallout 2 e Wasteland 2 – Combate

fallout-combat

Update #2 – Fórum funcionando perfeitamente

O fórum já deve estar funcionando perfeitamente. A migração de servidor feita pela Hostgator mudou alguns IPs e por isso o fórum estava instável. Em uma busca pela database foi corrigido o problema e o fórum deve estar em sua plenitude de velocidade.

Update #1 – Migração de merda!

Graças a Hostgator, o fórum está ruim. Porém, instalei outro fórum no servidor e descubro que a migração na verdade detonou o fórum de alguma maneira, de forma que o novo fórum (vazio e sem membros) está funcionando perfeitamente.

Tentarei migrar os usuários e posts para o novo fórum e ver o que acontece!

——————————–
lesmaO problema já foi reportado ao host responsável pela hospedagem da VaultBR, estamos aguardando uma resposta e ação definitiva para resolver esse problema.

 

 

 

 

wasteland2

Strategy Informer: Para você, o que define um bom RPG?

Brian Fargo: Escolha e consequência sempre foi muito importante para mim. Não precisa ser mágica, porém quando não importa o que você escolhe e acaba sempre no mesmo lugar sem nada mudar as pessoas começam a notar rápido e se decepcionar sabendo que a escolha delas no jogo não significa nada. Para nós é apenas uma questão de, ‘O quão profundo poderemos ir?’ Você não pode pegar cada situação para a sua conclusão natural porque haveria um número infinito de cenários em que poderia acontecer de tudo, mas nos precisávamos mergulhar o mais profundo possível com o objetivo de que as escolhas dos jogadores importassem.

Outra coisa é que sempre acreditei de que a jornada em si é a recompensa ao invés de apenas a sua conclusão. Quero ter que tomar decisões que desafiem minha moral de um jeito que você tenha que literalmente dilacerar seu cérebro entre a decisão correta ou a decisão que você faria; para então você poder ver o resultado de suas ações.

Uma das coisas que estamos experimentando em Wasteland 2, que eu não vi muito em outros jogos, é pensar, ‘O que significa o fim do jogo?’ Não quero dizer algo como você morre e fim de jogo. Quero dizer algo tipo: Aqui o jogo acaba, e se torna algo diferente e os créditos passam. Então, estamos experimentando algo como diferentes finais dependendo do que você quer fazer.

Eu estou OK com a existência de um fim de jogo que acontece rápido aonde quem fez esse final rápido perdeu outras 40 horas de conteúdo do jogo, afinal de contas, esse foi o resultado dela ter escolhido esse caminho no jogo. E deixamos claro que isso vai acontecer se você for seguir o mesmo caminho, mas adivinha? Esse foi o caminho que VOCÊ escolheu. A beleza do role-playing game é justamente a possibilidade de jogar de maneiras diferentes e conseguir resultados diferentes. Para mim, essa é a parte divertida. Eu gosto de brincar dizendo que os finais diferentes podem ser os finais “não heróicos”.

Strategy Informer: Com tudo que está acontecendo e mesmo com todo o talento que você tem que gerenciar ainda assim deve ser bem difícil.

Brian Fargo: Eu acredito que esses role-playing games mais complexos estão entre as coisas mais difíceis de se fazer; é quase como se eu estivesse na sala de edição de dez filmes ao mesmo tempo e todos eles interagem entre eles. Tem tantas partes que se movem que você vai de segmento em segmento porque simplesmente não dá pra deixar todas as informações dentro da cabeça ao mesmo tempo. Esses jogos são extremamente complexos e ao mesmo tempo as pessoas esperam que essa complexidade seja discretas e quase despercebidas. Pode se considerar uma arte colocar isso tudo junto; fico feliz que eu já faço isso por muito tempo porque não imagino alguém ser capaz de pular dentro de um projeto assim sem nunca ter trabalhado em algo do tipo antes.

Traduzido e adaptado por The_chosen

VBR - The Vault of the Broken Dreams
Fallout, Fallout 2, Fallout Tactics pertencem a seus respectivos titulares Black Isle e Interplay (ou seja lá em que pé anda o processo judicial com a Bethesda). Fallout 3 e New Vegas pertecem a Bethesda.

Todo conteúdo exibido neste site é de simples divulgação e tudo pertence a seus respectivos donos.